Autismo: Entenda o que é e como identificar

Você sabe o que é o autismo e como identificar os sinais? A psicóloga Adriana Pivetta – Especialista em Terapia Comportamental , explica pra gente o que é o Espetro Autista e como você pode identifica- lo.

 

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) ou autismo é uma síndrome comportamental no que diz respeito a problemas na interação social. Ela se apresenta em vários níveis, e só um profissional de saúde especialista na área ou uma equipe multiprofissional vai poder fechar o diagnóstico, tendo como base a observação direta e entrevista com os pais.

Os primeiros sinais de autismo em crianças pequenas e qual a importância do diagnóstico precoce.

Apesar de ter como sintomas básicos a dificuldade de interação social, déficit de comunicação social e padrões restritos e repetitivos de comportamentos, às vezes é difícil sair do consultório com um diagnóstico em mãos. Apesar de já ser possível identificar o TEA em crianças a partir de 18 meses, é a partir dos três anos que os sintomas costumam se tornar mais evidentes, quando as demandas sociais se tornam maiores, como a fala e o contexto escolar. Outra dificuldade para o fechamento do diagnóstico são os vários níveis de gravidade e a variedade na apresentação dos sintomas.

Até alguns anos atrás era comum os profissionais de saúde adiarem o fechamento do diagnóstico, por não conseguirem identificar os primeiros sinais, considerando que os sintomas melhorariam com o crescimento. Apesar de aliviar os pais por algum tempo, isso prejudicava muito o desenvolvimento das crianças que apresentam o TEA, pois quanto antes elas começam a serem estimuladas, mais chances elas têm de desenvolver comportamentos para um amplo repertório de habilidades que facilitem sua interação social e habilidades motoras, se também em déficit.

Rogers e Dawson (2014) dizem que vale a pena aproveitar a grande capacidade que o cérebro infantil tem de aprender e mudar para minimizar as limitações que fazem parte do autismo por meio de técnicas de ensino de competências. Ou seja, quanto antes se tem um diagnóstico, antes é possível iniciar o tratamento adequado àquela criança e, consequentemente, maiores são suas chances de aumentar o seu repertório de habilidades sociais e motoras.

 

>Desfralde tardio? conheça os nossos produtos para desfralde!<

 

Os primeiros sinais do autismo:

A partir dos nove meses: elas não mantêm contato visual efetivo e não olham quando você chama.

A partir dos doze meses: não apontam com o dedo para indicar algo (introdução à linguagem).

Durante do primeiro ano de vida: preferem interagir com objetos do que com pessoas. Costumam não responder às brincadeiras do tipo esconder e sorrir.

 

>A manta Sensorial Colo de Mãe é perfeita para estimular, atrair e entreter o bebê<

>Conheça alguns dos nossos modelos<

Ao perceber esses sintomas, os pais ou responsáveis devem reporta-los ao médico da criança, que se for o caso, a encaminhará para um especialista para que seja realizada uma investigação mais profunda. É normal os pais terem dificuldades, primeiro em considerar a possibilidade de que sua criança seja autista, e depois podem passar por um período de negação quanto ao diagnóstico. Esses dois fatores podem atrapalhar o andamento do tão importante tratamento precoce. Os pais em dificuldade terão que passar pelo luto de perder a criança perfeita e idealizada, e focar na criança que eles têm, que continua a mesma, mas com características que lhes são únicas. Se necessário, os pais também devem buscar ajuda psicológica para lidar com a nova situação.

A agilidade em começar a intervenção é fundamental no desenvolvimento da criança, mas não promete a cura do autismo, e isso é muito importante que fique claro aos pais desde o início.

 

>Hora do desfralde? Leia nosso guia para te ajudar nesse período!<

 

 

Referências

ROGERS, S. J.; DAWSON, G. Intervenção precoce em crianças com autismo: modelo Denver para a promoção da linguagem, da aprendizagem e da socialização. Lisboa: Lidel – Edições Técnicas, Ltda, 2014.

Diagnóstico do autismo. Disponível em &lt;https://autismo.institutopensi.org.br/informe-se/sobre-o autismo/diagnosticos-do-autismo/&gt;.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *